quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Que a terra lhe seja leve... que nem chumbo ahahah

O meu sogro morreu há 25 anos, com 61 anos de idade. Dizem que morreu muito novo... eu digo que morreu com 61 anos de atraso. A parteira que o "aparou", em vez de lhe ter dado a tradicional palmadinha no cu, para o fazer chorar, devia ter-lhe pegado pelas patas e dado com a cabeça no ferro da cama. eheheh
Quando me falam no meu sogro com a ladainha do costume - ai era tão boa pessoa, coitado - as únicas palavras que me ocorrem são:
Puta que o pariu. eheheh

6 comentários:

  1. Ahhhhhhhhhhhh...não acredito numa palavra...ou:

    Cruzes!!! Mas que mal é que o homem te fez?...

    Que preferes??? LOL

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo verdade e só pecam por serem benevolentes. lol

      Eliminar
  2. Adoravas o teu sogro, dá para ver :o

    r: Do José Rodrigues dos Santos só li um - A vida num sopro - e até gostei bastante, mas não tenho muitos pontos de referência, porque, lá está, só conheço uma das suas obras

    ResponderEliminar
  3. Se não fosse o teu sogro, a tua maria não existia ;)

    ResponderEliminar